Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Secções
Você está aqui: Entrada Empresa Case Studies Case Study - BlueTicket
Acções do Documento

Case Study - BlueTicket

A BlueTicket e a Eurotux implementaram as infra-estruturas e serviços necessários para efectuar o processo de venda de bilhetes online para os vários eventos em venda em blueticket.pt, como seja os concertos de U2, Michael Bublé, Roger Waters ou o Cirque du Soleil.

Análise do caso concreto do concerto dos U2, que atualmente é sinónimo de “sold out” e de grande corrida aos bilhetes disponíveis.

Desafio


Assegurar a venda de bilhetes online para os concertos da banda em Portugal com a máxima fiabilidade e elevada performance, consubstanciando o projecto num sistema de alta-disponibilidade e redundância a falhas.

Antecipando a intensidade dos milhares de fãs e a enorme procura de bilhetes a Eurotux foi contactada no sentido de capacitar as aplicações e sistemas da Blueticket da flexibilidade e poder computacional necessários para fazer face a este cenário.

Plataforma Tecnológica


Fase 1 – Preparação e venda de bilhetes para o primeiro concerto

A plataforma tecnológica do sistema web de venda de bilhetes assenta em vários servidores web IIS e numa base de dados SQLServer. A infra-estrutura tecnológica que fornecemos, assente em tecnologia open-source de virtualização (xen) e tecnologia interna da Eurotux, permite despoletar a criação de novos servidores virtuais num espaço bastante reduzido.

Verificando que o número de servidores web não era suficiente para comportar a procura, num espaço de minutos triplicámos o número de servidores web e com a camada de balanceador/firewall disponível na infra-estrutura a adição de novos servidores foi totalmente transparente para o utilizador final.

No entanto não era possível, sem alterar profundamente a aplicação web, escalar horizontalmente (em número) a base de dados. Como tal, optámos por escalar verticalmente a mesma para 8 processadores e 32GB de ram. Toda a infra-estrutura disponibilizada a este cliente está assente num BladecenterH da IBM com blades IBM e numa storage também IBM permitindo fornecer um serviço totalmente redundante e com alto desempenho.

Fase 2 – Concerto extra

Para o segundo concerto escalámos a infra-estrutura para os valores da primeira venda, mas começámos a criar um mecanismo que chamámos de "porteiro". Optámos, com o acordo da Blueticket, em deixar entrar apenas os utilizadores que o sistema pudesse comportar em simultâneo. Para tal implementámos um balanceador/porteiro com SSL Offload (tirando a carga da encriptação SSL dos servidores web) com tecnologias open-source, nomeadamente Pound, Apache + PHP + Memcached.

Com este pedaço de engenharia, conseguimos que todo o sistema permanecesse estável sem picos que comprometessem a usabilidade dos que lá estavam uma vez que o porteiro e o balanceador é que estavam a servir de barragem.

 

Benefícios / Vantagens

 

  • Os bilhetes disponíveis no website www.blueticket.pt para o primeiro concerto foram vendidos em menos de 4 horas, tendo-se registado mais 1.450.000 page views durante esse período.
  • Após o anúncio do segundo concerto a procura foi ainda maior e mesmo assim com resultados extremamente positivos.
  • Todos os utilizadores que conseguiram entrar na aplicação web conseguiram efectuar a sua compra sem que ocorresse qualquer "timeout" devido a sobrecarga.

 

No desenvolvimento desta solução foram utilizadas tecnologias e sistemas open source sem custos de licenciamento com o objectivo de minimizar o investimento sem prejuízo da disponibilidade e desempenho.